quarta-feira, 12 de abril de 2017

O desespero

Ainda falta mais de um mês e meio para ir de férias, ainda por cima vão ser só dois dias. Não tenho férias desde Dezembro, e mesmo nessa altura foram poucos dias. Férias meeeeesmo a sério (tipo uma semana) já não tenho desde 2015, acreditam? Está um calor que não se pode e eu estou a desesperar. Quero férias, quero uma semana nas Caraíbas ou mesmo só aqui por perto. Posso até ir apenas à Arrábida passear, apanhar ar, dar um mergulho, apreciar este tempo tão quente. Mas quero férias. A sério! O que vale é que ao menos vem aí um fim-de-semana maior, só espero que me sirva de algum alento.

2 comentários:

  1. Ainda há pouco escrevi um texto para o blogue, amanha, sobre essa sensação, a de querer férias urgentemente!

    ResponderEliminar
  2. Tirando este período de desemprego (em que, claramente, sabe a tudo menos a férias, até porque não há dinheiro para sair), já não tenho férias desde 2013. Férias a sério, daquelas de semanas, sem preocupações. Este ano nem sei se terei férias, já que entrei agora na empresa. Restam-me os fins de semana que, para quem sempre trabalhou semana/fins de semana/feriados, já sabem muito bem!

    ResponderEliminar