quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A criatividade — ou falta dela

Sendo eu de uma área criativa, na qual trabalho, este é um assunto que me diz muito. Eu sei que não é fácil reinventar a roda, que é muito difícil encontrar algo diferente para fazer. Mas somos todos pessoas individuais, todas diferentes, com gostos e vontades únicas. Por isso, não consigo mesmo entender a cópia descarada. Ou mesmo a cópia dissimulada. Fico mesmo furiosa. Talvez porque é esse o meu trabalho: criar. E custa bastante quando damos por nós a ter o trabalho (e prazer) de fazer algo diferente para depois chegar alguém que pega e, em cinco minutos, o toma como seu, sem sequer pedir licença. Lá por estar no mundo virtual não quer dizer que seja do mundo — não é. Não condeno que nos inspiremos por essa internet fora, mas copiar é bastante diferente de ir à procura de inspiração. A cópia é só a forma que as pessoas encontraram de "criar" um conteúdo fácil, rápido e está feito. Mas para quê? Para quê ter um blog, um Instagram ou mesmo uma marca só para copiar? Onde fica a novidade? Criar leva tempo, pede horas de pensamentos soltos, conversas, viagens, leituras. Copiar é só ir ao google e já está. Mas se é para isso que vocês querem ter algo vosso garanto-vos que estão no caminho errado. Porque se não foram vocês que criaram nunca vos irá pertencer. Por mais que se convençam que sim.

5 comentários:

  1. Realmente há pessoas sem carácter nenhum! Uma coisa é copiar e dar créditos, partilhar, ajudar a divulgar até. Outra é apropriarem-se das coisas dos outros e fazerem de conta que é tudo da cabeça deles. Que falta de noção. Mas é como dizes no final, podem até usar as coisas dos outros mas nunca terão a sensação de que aquilo é realmente seu.

    ResponderEliminar
  2. Ah! Não sei se costumas ler as respostas que dou aos teus comentários no meu blog, por isso fica aqui o agradecimento por seres uma querida e teres sempre coisas bonitas para me dizer! Já te sinto como amiga blogosférica, daqui a nada faço o convite para sermos amigas na vida real :) Um beijinho e tem um excelente dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que leio sempre sim! Volto lá muitas vezes para ver se respondeste :) Obrigada a ti! É tão bom continuar a encontrar pessoas boas por acaso :*

      Eliminar
  3. Devemos colocar a nossa personalidade naquilo que fazemos e criamos. De nada serve copiar algo se depois não lhe é depositada a alma de quem criou aquilo. Custa imenso e também me mete os nervos em franja!

    ResponderEliminar
  4. Põe tudo o que és em tudo o que fazes... algumas pessoas não têm nada delas se não a ideia de que sendo 《parecidos com》vão ser alguma coisa... be yourself. Everyone else is taken.

    ResponderEliminar