sexta-feira, 29 de julho de 2016

Família

Acho que até hoje nunca partilhei aqui nenhuma foto que não fosse minha, pelo menos que me lembre que este blogue já tem quase dois anos e a memória não dá para tudo. Mas não faz o meu género partilhar fotos que não sejam minhas. No entanto hoje abro uma excepção para partilhar convosco uma fotografia muito especial. A fotografia mais bonita que alguma vez partilhei aqui no blogue. Esta fotografia espelha surpreendentemente bem a personalidade dos meus pais. Cada um deles. E também da relação que têm um com o outro. Aqui, em baixo, está o meu pai e a minha mãe. As duas pessoas mais importantes da minha vida.


O meu pai é envergonhado e um bocadinho anti-social, duas características que herdei grandemente dele. Mas diz piadas maravilhosas e de fazer rir até a mais carrancuda das pessoas. É uma das pessoas mais inteligentes que conheço e, modéstia à parte, diz-se que também foi a ele que fui buscar esse pequeno lado. Ele é de outra geração, longínqua da minha, e isso nota-se muito por vezes, mas depois é todo moderno no que toca a televisões, carros e outras tecnologias. Ele é o chamado pai "porreiro" que raramente ralha ou nos diz o que fazer. É também um pouco desligado do mundo em geral, mas está sempre presente. Sempre.

A minha mãe. O que dizer da minha mãe? Eu já disse quase tudo o que havia para dizer aqui. Ela é toda para a frente, em todos os sentidos. Super trabalhadora, moderna e em cima do acontecimento. Ela faz tudo - mesmo tudo - por nós. Está sempre lá para apanhar os cacos de toda a gente e varrê-los para o lixo, onde merecem estar. Ela avança e pronto, não fica a chorar pelos cantos, nunca. A vida continua e "Deus é grande", sempre a ouvi dizer. Apesar de em termos religiosos e em tudo no geral, ela achar que nós é que sabemos em que escolhemos acreditar e que causas queremos defender. Ela ralha, chama à atenção, mas apoia-nos sempre. Seja qual for o nosso caminho, mesmo que mudemos de direcção vezes sem conta e que vamos contra uma parede. Ela apoia-nos, levanta-nos e cura as feridas que ficaram. Mas depois diz: bora lá, para a frente é que é o caminho.

Desejos de sexta-feira

Um desejo que já tenho há tanto tempo e que poderá estar mais próximo de ser concretizado.

Agora uma dúvida que me anda a consumir os nervos e com a qual vocês me podiam ajudar: compro com ou sem dados móveis? Para vos situar, a diferença é de 120€ (ui, que até me dói).


aqui

Review #14: exfoliante corporal d'O Boticário

Tenho a impressão que esta rubrica se vai encher de produtos do Boticário nos próximos tempos. É que comecei por ir lá para comprar um perfume (cheira tão bem!) e acabei por voltar lá mais umas quantas vezes para comprar produtos que estou a adorar. Hoje vou falar-vos do exfoliante corporal que comprei numa das minhas visitas. Queria comprar um exfoliante para o corpo, porque já não tinha nenhum há algum tempo e decidi explorar. Adorei o cheirinho deste e o facto de ser com mel chamou-me logo a atenção. A primeira vez que o usei notei logo uma coisa que me agradou bastante: este produto não faz só exfoliação, é também uma espécie de óleo. A pele fica super macia e eu senti como se tivesse usado óleo Johnson, sem ficar tão peganhenta. Depois do banho continua super macia mesmo e muito hidratada. Estou 100% satisfeita e quando esta embalagem acabar irei muito provavelmente comprar uma igual. Quanto a preços não acho que seja muito caro, custa 14,99€ sem descontos e promoções, mas eu aderi ao cartão de cliente e vou acumulando 5€. Com as compras todas que fiz por lá ganhei ainda uma malinha térmica e um saco de praia. Estou mesmo fã.

aqui

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Férias?

O mundo está de férias. Toda a gente está na praia, na piscina, no campo, na cidade, em Portugal ou no estrangeiro. Tenho ideia que há pessoas há mais de um mês de férias e ainda outras que passam o ano de férias. E eu aqui estou, feliz, por ir conseguir ter uma espécie de férias durante 2 dias. Iei!

Traquitanas dos tempos modernos

A Era Digital onde vivemos trouxe-nos muitas coisas boas, isso é inquestionável. Mas as coisas más também vão aparecendo, principalmente nos exageros em que várias pessoas caem. Eu sou da opinião que a culpa nunca será das novas tecnologias, mas sim das pessoas, porque todos temos uma escolha e podemos (e devemos) escolher o que fazemos com o que esta Era Digital nos oferece. Mas adiante. Hoje queria falar-vos daquela traquitana, que alguns de vós já devem ter visto em alguns restaurantes, que é uma coisita redonda ou quadrada que treme quando a nossa comida está pronta. Estão a ver? Pois. Eu já a apanhei em vários restaurantes e desde o primeiro dia que aquilo me fascina. Por um lado pode realmente dar jeito, por outro acho que é totalmente inútil e ainda por cima super irritante. Ora aquilo põe-se a tremer quando a nossa comida está pronta, para que nos possamos levantar da mesa que estamos a guardar (pois...) e ir buscar o nosso pedido. Primeiro problema: eu tenho um telemóvel que treme, suponho que vocês também, e quando aquela coisa começa a tremer, dizendo-me que posso finalmente comer, a minha primeira reacção é atendê-lo. Porque aquilo... treme. E o meu telemóvel também, não sei se já tinha dito. Ultrapassando este problema, passamos ao próximo. Aquilo é para evitar filas, certo? A questão é que para evitar filas supõe-se que as pessoas pegam naquele objecto esquisito e vão-se sentar à espera da vibração. Acontece que eu não acho nada bem que se guarde mesa, é uma questão de boa educação, só me sento quando já tenho comida, não me ponho a guardar lugar empatando todo um centro comercial esfomeado (normalmente estas coisas só existem em centros comerciais). Por isso acabo por ficar ali, de pé, com aquela traquitana na mão, à espera. Eu e muitas outras pessoas, que ainda têm a decência de não guardar mesa, ficamos ali a formar uma hipotética fila invisível. O que, sinceramente, acaba por ir dar ao mesmo. E é isto, resumindo, acho que a traquitana vibratória que os restaurantes decidiram inventar é muito gira sim senhor, muito interessante, mas pouco funcional e, já agora, podem descobrir uma nova forma de nos avisar sem ser a tremer? Só para uma pessoa não fazer figura de parva a atender uma chamada que não existe.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

M de amor

A cadela mais fofinha de todo o mundo. É um gigante com alma de cachorrinho. Gosta de festinhas infinitas e de passeios na relva. Gosta de comer tudo o que apanha à frente e não gosta quando me zango com ela. Ela larga tanto pêlo que eu podia construir uma nova Maisie todos os dias. Mas não importa, porque eu gosto tanto dela.

Vou adoptar um Lince

Estava na Fnac quando vi uns linces de peluche super fofinhos e, claro, tive de ver de que se tratava. Era nada mais nada menos do que os "bilhetes" para o Trail do Lince. Um trail que se realiza em Silves/Monchique no dia 8 de Outubro e tem como principal objectivo ajudar e proteger o Lince Ibérico, a espécie mais ameaçada do Mundo. Cada inscrição neste Trail, que pode ser de 12 ou 30km, ou ainda uma caminhada de 12km, irá contribuir com 5€ para LPN (Liga para a Proteção da Natureza) e a WWF (World Wide Found for Nature). Eu estou realmente tentada a voltar à Fnac e comprar o meu Lince para, em Outubro, rumar a Silves e fazer a minha parte. Quem se junta?


terça-feira, 26 de julho de 2016

Review #13: anti-celulítico Deliplus

Aqui está o creme anti-celulite que faltava. É o terceiro e o mais barato de todos. Vou já começar pelo preço e tudo. Este boião gigante de creme (500ml) custa nada mais nada menos do que 3€! É verdade, é uma verdadeira pechincha e foi mais por isso que o comprei, para ver se, apesar de tão barato, era bom. Não é o melhor dos 3 que vos falei aqui, acho até que será o menos eficaz, pelo menos em mim. Mas tem uma textura muito fácil de aplicar e eu gosto de ir alternando com os outros dois, principalmente porque dura uma vida e é mesmo muito baratinho. Este é daqueles anti-celulite que temos de usar regularmente para notar diferenças, mas a verdade é que se nota. A minha irmã e outras amigas já usaram e dizem que a celulite fica menos visível e a pele mais lisa. Por isso deixem-me que vos diga que não têm nada a perder! O problema (há sempre um) é que este é capaz de ser mais difícil de comprar, visto que só existe, que eu saiba, nas lojas Mercadona em Espanha. Mas diz-se por aí que estes supermercados estão em vias de vir até Portugal dar o ar de sua graça, por isso nem tudo está perdido. De qualquer forma, fica aqui uma promessa que vocês vão adorar: quando for ao Alentejo, à minha terrinha, dou um pulinho a Espanha (que fica mesmo ao lado) e compro uns boiões (1 ou 2 vá) para oferecer aqui no estaminé. O que acham? :D


Conheçam os outros dois anti-celulíticos que uso aqui e aqui.

Pronto, não vos faço esperar mais

Ontem fiz aqui uma espécie de teaser sobre um produto espectacular que refresca até a alma. Não vos falei logo dele porque sinceramente não tinha tempo no momento, mas aqui estou eu. Já descobri esta maravilha o ano passado e esta é, pelo menos, a segunda embalagem que comprei. Nestes dias de 40 graus tenho-o posto à noite, quando me vou deitar, e às vezes de manhã. Sabe tão bem, meto na pele sem espalhar demasiado para não aquecer e fica tão fresquinho que parece mentira. É o Vasenol Aloe Fresh e tem aloe vera natural, que é o que o faz ser tão fresco. Compra-se em qualquer supermercado e custa cerca de 4€. 

aqui
(O livro da Gerra dos Tronos é a minha leitura por estes dias, ainda vos hei-de falar deles.)

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Refrescar nunca foi tão fácil

Querem conhecer um produto absolutamente maravilhoso para estes dias de calor? Um produto que vos vai deixar numa frescura maravilhosa, melhor do que um mergulho em águas geladas (se bem que também é muito bom), melhor do que levar com uma ventoinha mesmo de frente num dia com 40 graus. Querem? Conto-vos amanhã. Está prometido.

O dia em que fiquei sem telemóvel, sem computador e sem carro

Na 6ª-feira, como vos disse, tive um jantar de aniversário, para acabar em beleza uma semana tão cansativa que começava a parecer mentira. Quando estou muito cansada esqueço-me das coisas, o que resultou em... ficar com o carro preso numa garagem até Sábado de manhã. A 30km de casa. Dentro do carro estava o carregador do telemóvel e o meu computador. Resultado: fiquei sem carro, sem telemóvel (estava já sem bateria) e sem computador. No Sábado de manhã tinha dentista, por isso só podia ir buscar o meu Micra à tarde. No fim, tudo se resolveu e ainda consegui ir até Belém passear, apesar dos meus pés numa lástima e de só me apetecer estar deitada. Admito que foi difícil estar incontactável, mas pensei que fosse pior. Consegui estar umas 12h sem telemóvel e não falecer. Acho que merecia um prémio, não?

Look #105: your strength

Never forget what you are, for surely the world will not. Make it your strength. Then it can never be your weakness. Armour yourself in it, and it will never be used to hurt you.

Gostava de vos ter mostrado os meus All Star novos neste look, mas estou zangada com eles. Na verdade a culpa é mais dos meus pés, porque os ténis deixaram-me com bolhas e agora não consigo andar com nada a não ser sandálias abertas atrás. Por isso fui buscar estes calções que são iguais a estes que já vos tinha mostrado e como gosto tanto deles decidi encomendar também neste azul mais claro. A camisola foi cortesia da SheIn (vejam aqui) e acho-a só um bocadinho quente para este tempo, visto que têm estado 40º à sombra, mas é linda e gosto mesmo dos folhos, assim como da combinação de cores. Acho que também deve ficar muito bem com calças. A mala é outra das novidades, comprei-a online na Mango em saldos e custou menos de 12€, estou a adorá-la. As sandálias não são novidade e continuo a achar que foram uma das melhores compras dos últimos tempos. O cenário é num dos meus lugares preferidos em Lisboa, junto ao Mosteiro dos Jerónimos de que eu gosto tanto. Espero que gostem!


sexta-feira, 22 de julho de 2016

Esta semana está a tentar matar-me

Na segunda-feira, depois do trabalho, decidi fazer exercício. Fiz em casa, porque estava muito calor para ir correr. Até aqui tudo bem, a cumprir aquela máxima que diz para nunca saltar uma segunda-feira. Depois na terça fui conhecer o bebé de uma amiga que nasceu há poucos dias e acabámos por jantar num restaurante onde demorámos 1h a ser atendidos. Já cheguei a casa depois da meia noite. Na quarta novo jantar, para conhecer outro bebé. Cheguei de novo a casa já passava da meia noite. E ontem tive mais um jantar, escusado será dizer as horas a que cheguei a casa. Tenho dormido imenso como podem imaginar. Mas sabem o que tenho hoje? Vejam lá se adivinham... Isso mesmo! Um jantar. Desta vez para comemorar o aniversário de um amigo. O que vale é que amanhã é sábado e posso dormir até ao meio dia. Ah não, tenho dentista às 10h.

Chegaram os ténis mais lindos do mundo

Vieram de longe, dos Estados Unidos, mas finalmente chegaram. Pus-lhes as mãos em cima ontem à noite e hoje já ando com eles calçados. São mesmo muito giros. Queria comprar uns All Star, mas não sabia bem quais. Andava inclinada para uns cor-de-rosa, mas depois surgiu a oportunidade de uma amiga me trazer uns dos EUA então pus-me a escolher no site e inclinei-me para estes. O tamanho está óptimo e cheira-me que vão deixar de ser brancos em menos de nada. O único problema é que os meus pés são uma autêntica miséria e eu tive a linda ideia de calçá-los sem meias, porque são em croché ou lá o que é isto e têm aberturas. Já estou com bolhas nos dois pés, mas nada que não se resolva. Estou a pensar ir à farmácia buscar uns Compeed a ver se fico melhor. Alguma dica?

(Mas são tão lindos!)


quinta-feira, 21 de julho de 2016

Review #12: anti-celulítico L'Oréal

Vamos falar do segundo anti-celulítico que vos prometi? São três no total, caso já não se lembrem, e moram todos comigo. Vou alternando, mas já usei todos. Este de que vos falo hoje é o que uso há mais tempo e já comprei umas 4 embalagens no total. Não é muito caro e comprei pela primeira vez por curiosidade, a ver se fazia alguma coisa. E faz! Noto essencialmente a pele mais lisinha e tonificada. Mas tem de se usar mesmo todos os dias e durante algum tempo para começarmos a notar diferenças. Não é tão "potente" como o da Clarins, mas também é mais barato. Encontra-se nos supermercados e custa menos de 10€, eu costumo comprar no Continente. Em termos de textura é menos fluído, o que não adoro, mas o cheiro não é muito forte. Já alguém experimentou?

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Instantâneas #7

Vida na cidade

Em trânsito

Eu percebo, a sério que sim, que meter os piscas pode nem sempre ser muito fácil e prático. Eu própria sinto necessidade de ter mais do que dois braços para conseguir rodar o volante, pôr as mudanças e ainda pôr piscas. Mas, pessoas, se se vão atirar de repente para a frente do meu carro ao menos tenham a decência de me avisar, está bem? Um piscazinho, um sinal com o braço, um telegrama, qualquer coisa que me faça perceber que o vão fazer. Porque se tal não acontecer garanto-vos que eu, a condutora mais pacífica do mundo, vai dar uso à buzina - e muito.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Estradas coloridas

Quando decidi comprar o meu primeiro carro tinha um requisito muito bem definido na minha cabeça. Ainda nem sabia que marca nem modelo ia comprar, mas já sabia que não ia querer um carro a "preto e branco". E o que é isto de um carro a preto e branco? É aquela coisa de 99% dos carros que vemos serem brancos, pretos ou cinzentos (prateados e tal). Tudo dentro destes tons. Eu passo algum tempo na estrada, todos os dias, e sempre que me ponho a olhar só vejo isto: carros sem cor. Não é que seja mau, atenção. Eu até gosto bastante de cores neutras, são mais simples e ficam sempre bem. Mas a verdade é que meti isso na cabeça, eu queria um carro com cor. Não sabia bem qual, mas sabia que não ia ser branco, nem preto, nem cinzento. Então cada vez que me punha a pesquisar marcas e modelos, dava por mim a espreitar logo as cores em que aquele carro existia. Depois de uma grande pesquisa acabei por ficar entre três modelos: Citroën C3, Toyota Yaris e Nissan Micra. Três marcas diferentes, três modelos mais ou menos na mesma onda e com características muito parecidas. O preço não era muito diferente, por isso acabei por seguir o coração e escolher o meu querido Micra. Depois claro, escolher a cor. Os neutros ocupavam quase todo o catálogo, mas lá pelo meio havia um vermelho e um azul. O vermelho era muito giro mesmo, assim meio brilhante, nem muito forte nem muito escuro. Mas o azul... ai o azul. Uma espécie de verde misturado com azul, a cor mais linda do mundo. É esse o meu Micra. Um carro a cores, colorido, onde cabem todas as cores do arco-íris, e mais algumas.


Review #11: anti-celulítico Clarins

Começo hoje a mostrar-vos um dos 3 cremes anti-celulite que uso. Este é muito bom mesmo, mas é também o mais caro. É por isso que vos quero dar a conhecer as outras duas opções que também são bastante boas e são mais acessíveis. Vou do mais caro para o mais barato!

Infelizmente não fui abençoada pela Natureza e, tal como 99,9% das mulheres, tenho celulite. Está toda situada nas coxas e rabo e sim incomoda-me, mas já me incomodou muito mais. Tenho celulite porque como porcarias, é certo, mas principalmente porque é genética. A minha mãe é magra e tem celulite, a minha irmã é super magra e também tem celulite. Posto isto, já há algum tempo que busco por cremes anti-celulite que ataquem esta chata. Fui sempre comprando alguns e experimentando de tudo um pouco, o maior problema é que sem grandes resultados tendo a desmotivar e aquilo ainda dá trabalho a pôr, por isso acabo por não usar de forma regular. Mas vou sempre pondo, mais vezes ou menos, e há alturas em que sou mesmo muito certinha e noto muito mais os resultados. Este que vos mostro hoje conheci-o através do blogue da Filipa em que ela dizia que era mesmo bom e tive de experimentar. Pedi no site da Primor um pack com duas embalagens que fica bem mais barato e comecei a usar há cerca de 1 mês. Admito já aqui que não meto todos os dias, não consigo. Há dias em que estou muito cansada, noutros que simplesmente me esqueço, mas tento meter pelo menos dia sim, dia não. Também vou alternando entre este e os outros, faz mais sentido para mim e assim vou usando todos. Sinto principalmente que a pele fica mais firme e mais lisinha, a celulite é realmente atenuada. Claro que não me desapareceu assim como que por magia, não há milagres, mas nisto da casca de laranja vale tudo e qualquer coisinha que se note já é uma festa. Pelo menos para mim. Como disse no início este é o creme mais caro que tenho e digo-vos já que custa cerca de 50€ nas lojas "normais", vejam aqui por exemplo. Mas na Primor, onde já comprei montes de coisas, duas embalagens ficam ao mesmo preço (51,30€) ou podem comprar apenas uma por 33,60€, ora vejam aqui. Recomendo muito, tanto a loja como o produto.

aqui

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Estão três pokémons na minha cama

No dia em que a super famosa aplicação Pokémon Go ficou disponível na Apple Store em Portugal, eu fui-me deitar e pensei: vou instalar! Está tudo completamente louco com este novo jogo e eu já oiço falar dele há semanas, por isso tinha de espreitar e ver de que se trata. Não tinha medo nenhum de ficar viciada, porque não tenho grande paciência para jogos, era mais por curiosidade. Instalei, criei a minha personagem (não há muita escolha) e siga caçar Pokémons. Logo a seguir apercebo-me que tenho 3 Pokémons na cama! Olha que sorte a minha. Problema: não sabia como os apanhar. Aquilo aparece lá uma bola e eu andei para ali às voltas a tentar, a tentar... Sem sucesso. Estive uns bons 5 minutos a tentar apanhar um Charmander e nada. Procurei instruções na aplicação, mas devo ser a única pessoa no Universo que não sabe apanhar estes bichos, porque não há nenhum sítio a explicar como o fazer. Ainda pensei pesquisar na net, mas depois lembrei-me que tinha mais que fazer tipo dormir. Por isso cliquei na aplicação e toca de a apagar que a minha vida não é isto.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Instantâneas #6

Primeira corrida com a nova aquisição

Este mundo assustador

Dormi mal esta noite. Acordei em sobressalto com uma cãibra no gémeo. A segunda bastante forte que me dá desde que me lembro. Uma dor horrível, uma noite mal dormida por causa disso e por causa deste mundo tão assustador onde me vejo a viver. Ontem estava na sala a ver televisão e no computador a fazer umas coisas. Depois de um dia cansativo e stressante de trabalho, depois de ter descontraído a fazer exercício. Pus na RTP1 e estava a dar um concerto do MEO Marés Vivas, dos D.A.M.A. Estava mais concentrada no computador, mas com o olhar a deambular para o ecrã da TV, de vez em quando. Tinha visto algo muito por alto sobre um novo atentado em França e estava a pesquisar na Internet, quando de repente param a emissão do concerto para uma notícia de última hora. Pus o computador de lado e concentrei-me na televisão. Um  homem num camião decidiu atropelar uma multidão, levando tudo à frente, como se nada fosse. Como se tivesse havido uma tragédia como uns travões avariados ou uma força qualquer a empurrar aquele objecto gigante para cima de pessoas inocentes. Mas não, aquele homem carregou deliberadamente no acelerador e decidiu acabar com as vidas, os sonhos, a esperança de mais de 70 pessoas. Isto sem contar com famílias inteiras destruídas e despedaçadas. Vejo as imagens, os vídeos, leio as notícias e continuo sem entender. Não acho que seja para entender. Mas só espero que não comecemos a achar isto normal, que não seja apenas mais um. Até nos bater à porta. Gostava mesmo muito que quem manda nisto tudo (quem será?) se lembre que violência só atrai mais violência e responder a este e a outros ataques atrozes com mais violência não vai fazer com que nada mude para melhor. Apenas para pior.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Throwback thursday #20

Hoje é 5ª-feira e é dia de fazer um throwback até este look cujas fotos adorei. Não, não estou com saudades nenhumas de usar collants, mas gosto mesmo destas fotos e deste sítio.


No meu iPod #102



Um bocadinho de energia nesta Quinta-feira :)

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Têm mesmo de ver isto

Um fotógrafo fotografou cães a apanhar biscoitos. E eu tinha mesmo de partilhar isto.
Que coisa tão gira!


Um dia vou perceber

Porque é que se paga para fazer Bungee Jumping em vez de nos pagarem a nós para fazer essa loucura. E olhem que eu não sou nada medricas nestas coisas, adoro montanhas russas gigantes e andei em tudo e mais alguma coisa no Parque Warner onde existem as atrações mais altas e mais assustadoras de todo o sempre. Não só não tenho medo, como adoro. Mas Bungee Jumping? Alguém no seu perfeito juízo e sem álcool no sangue quer cair de uma ravina e ficar pendurado pelos pés?! Não consigo mesmo perceber.

terça-feira, 12 de julho de 2016

Às pessoas que quase matam o teclado do computador quando estão a escrever

Podem parar com isso?

Os meus produtos

Decidi, só porque sim, mostrar-vos os produtinhos que uso diariamente. Apercebi-me que são uma carrada deles e mesmo assim nem está aqui tudo. Faltam os cremes de corpo, champôs, máscaras e ainda o gel de limpeza de rosto que tenho na casa de banho, visto que é lá que o uso.

1- Tónico Shiseido. Utilizo depois do gel de limpeza da mesma marca e antes do creme hidratante. Aplico com um algodão.
2 - Creme hidratante com protecção 15 Shiseido. Aplico todas as manhãs sem excepção, depois de limpar o rosto.
3 - Creme hidratante sem protecção Shiseido. Aplico todas as noites, também depois de limpar o rosto. A única diferença entre este e o anterior é que este não tem protecção e por isso pode-se utilizar de noite.
4 - Desodorizante roll-on Sanex. Utilizo este desodorizante há bastante tempo, é o meu preferido porque é invisível não deixando marcas e não tem álcool. O cheirinho é muito suave.
5 - Desodorizante em spray B.U. Este só utilizo às vezes, porque tem álcool e não adoro desodorizantes em spray, mas por vezes dá jeito.
6 - Perfume Calvin Klein One Summer. O meu perfume preferido para o Verão, tem um cheirinho mesmo fresco.
7 - Perfume B.U. Este é mais doce, que eu também adoro.
8 - Spray Ultra Suave Delicadeza de Aveia. Utilizo depois de lavar o cabelo e antes de o secar, serve para proteger do calor do secador e ainda ajuda a desembaraçar.
9 e 10 - Champôs seco Batiste. Uso entre lavagens, no dia em que não lavo o cabelo. Tenho o Blush e o de Cereja. Falei sobre eles aqui.
11 - Mythic Oil da L'Óreal. Uso todos os dias, às vezes de manhã e à noite, em cabelo seco e molhado. Falei sobre ele aqui.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

No meu iPod #101



Always missing people that I
Shouldn't be missing
Sometimes you gotta burn
Some bridges just to create
Some distance
I know that I control my thoughts
And I should stop reminiscing
But I learned from my dad
That it's good to have feelings
When love and trust are gone
I guess this is moving on

E depois vês o avião da seleção a chegar

E tens de tirar uma foto, claro. Porque afinal vão ali os 23 homens que fizeram da 11 milhões campeões.


Instantâneas #5

O que dizer sobre este fim-de-semana? Hoje vai estar tudo a falar no mesmo e eu não serei excepção. Foi um fim-de-semana que começou mal, com a minha cadelinha Nina muito doente e comigo a passar a manhã toda de Sábado a cuidar dela. Mas felizmente ela parece estar melhor. Domingo foi dia de praia e de voltar mais ou menos cedo para preparar tudo para o grande jogo. Um jogo visto em família, com pais, primos e tios tudo a torcer pelo mesmo. Foi uma vitória maravilhosa e mais que merecida. Depois fomos comemorar, mas pouco, porque hoje é dia de trabalho. Fiquem com as fotos do fim-de-semana e... parabéns! Somos campeões da Europa :)

Querida Dory a descansar

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Digam-me uma coisa

Aqueles vídeos da Boomerang são a nova coisa super irritante da Internet, não são? Ou sou eu que tenho mau feitio?

Já cá canta!

Já comprei o querido Polar M400 e já mora no meu pulso. Para quem não sabe, trata-se de um relógio muito especial, que monitoriza toda e qualquer actividade física. Eu comprei-o essencialmente para as minhas corridas, mas agora dou por mim a usá-lo durante todo o dia. É mesmo interessante ver quantas calorias gastamos com as nossas caminhadas ou subidas de escadas. Além do mais ele avisa sempre que está na hora de me mexer, ou seja, quando estou há muito tempo sentada. O que me leva a dizer-lhe "epa, estou a trabalhar!", mas ao mesmo tempo agradecer-lhe por ser tão atencioso. Admito que ainda não o percebo a 100%, mas lá chegarei! Custou-me 149,90€ na Decathlon e também há em preto, mas eu gostei mesmo foi deste branquinho. Desse lado, alguém tem? :)
aqui

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Look #104: she's my rose

But my rose, all on her own, is more important than all of you together, since she's the one I've watered. Since she's the one I put under glass, since she's the one I sheltered behind the screen. Since she's the one for whom I killed the caterpillars (except the two or three butterflies). Since she's the one I listened to when she complained, or when she boasted, or even sometimes when she said nothing at all. Since she's my rose.
(daqui)


Hoje trago-vos o primeiro look com uma peça adquirida nos saldos. Ainda só fui dois dias espreitar as lojas, mas até fiz umas boas comprinhas. Este macacão, que passa mesmo por um vestido, foi uma delas. É um XS, mas fica assim para o larguinho, tanto que ainda tive no "levo, não levo", por causa de ser tão largo. Mas ainda não me arrependi. Esta vai ser a primeira vez que mostro um look com o cabelo apanhado, isto porque estava mesmo calor e apeteceu-me, então decidi experimentar. Adoro usar rabo de cavalo, mas não adoro ver-me assim, de qualquer forma aqui está e até acho que não ficou mal de todo. Outra das novidades deste look é este relógio tão giro que a Daniel Wellington me enviou. Gosto mesmo muito dele e acho que fica bem com tudo. Esta pequena parceria tem ainda outra boa notícia para vocês que me lêem: 15% de desconto em qualquer relógio no site com o código DWentreosmeusdias até dia 31 de Julho!

Nota: sim, eu sei que se vê o soutien, mas não me apetecia nada não usar e como é cor-de-pele não achei assim tão grave. De qualquer forma vou ver se arranjo uma solução melhor para este tipo de decote.

Anda comigo ver os aviões

No passado fim-de-semana fomos até à Lisboa Air Race para ver os aviões. Na verdade acabámos por não conseguir ver grande coisa porque demorámos tanto tempo a estacionar o carro que às tantas só apetecia sair dali. Mas lá se estacionou, a uns 15km do evento, mas pronto. Estava montes de gente e uns 500 polícias para assegurar qualquer coisa que não percebi bem. Segurança e tal. Tudo muito bem. Vi uns quantos aviões e helicópteros e até foi giro, mas não deu para ver muito mais, porque estava mesmo muita gente. De qualquer forma ficam as fotos do dia e as fotos do look vêm já de seguida!


quarta-feira, 6 de julho de 2016

Estamos na final!


Bora lá Portugal!

Perguntinha

Sou a única pessoa que ainda não recebeu o reembolso do IRS, não sou? É o primeiro ano (e provavelmente o último) em que tenho alguma coisa a receber e parece que toda a gente já recebeu menos eu...

Ontem

Com comprinhas dos saldos: vestido Zara e mala Accessorize

Uma experiência televisiva

Então dou por mim com apenas 4 canais, eu que nunca vejo televisão mas tenho vontade de ver qualquer coisita, então ponho-me a ver uma novela qualquer, nem sei o nome. E é tão má tão má que se torna quase boa. Ou não, nem sei. Só sei que não consigo tirar os olhos e às tantas já estou a tentar perceber a história, porque é que a irmã está chateada com a outra irmã que conhece um homem e o filho que conhece a filha e... perco-me a meio, claro. Fico fascinada com os actores que são tão sofríveis que me fazem lembrar os tempos dos Morangos com Açúcar, a famosa "escola de actores" que de escola não teve nada. Fico com a ideia que o Mega é o novo Top, e não sei se hei-de gostar ou não dessa novidade espectacular. As pessoas vestem roupas muito estranhas e comportam-se de maneira ainda mais esquisita. Ninguém diz asneiras. Nunca! E as casas estão sempre tão limpas e arrumadas que fico a pensar que eu é que sou desmazelada. Apercebi-me também que cada vez há menos intervalos, mas também não é preciso porque há product placements tão forçados que me fazem corar de embaraço. Quase toda a gente mente a toda a gente, talvez a coisa mais parecida com o mundo real, mas passam a vida metidos em esquemas do outro mundo que me leva a pensar que esta gente não trabalha. Mas eu trabalho, e muito, por isso vou à minha vida que já não tenho idade para estas confusões de telenovelas.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Em Júpiter

Sou fascinada pelo espaço desde que me lembro. Talvez desde as aulas de Física e Química que me ensinaram tantas coisas que ainda hoje guardo. Sigo a página de Facebook da NASA e fico logo de órbitas no ar quando eles estão em directo. Diz que hoje de madrugada a sonda Juno entrou em órbita de Júpiter, uma missão que terminou com sucesso após 5 anos de espera. Esta sonda saiu da Terra em 2011 e chegou agora a Júpiter para descobrir todos os seus segredos. Cá esperamos por eles :)

"A sonda Juno foi lançada a 5 de agosto de 2011 e agora que chegou à atmosfera de Júpiter vai ter travar a fundo para se conseguir manter na órbita do planeta – caso contrário atravessa a atmosfera e deita por Terra uma missão que conta já com 15 anos de trabalho. Durante 35 minutos, os motores vão tentar contrariar a força da gravidade, gastando 447 quilogramas de combustível dos 1.232 quilogramas disponíveis. Ainda assim, Juno será a sonda mais rápida a orbitar um planeta – 57,9 quilómetros por segundo."

Instantâneas #4

Este post já era para ter sido publicado ontem, mas digamos que mal tive tempo para respirar. Já começa a ser comum ter segundas-feiras de fugir, cheias de trabalho e sem um segundo de descanso, ontem não foi excepção. Mas aqui estão as fotos do fim-de-semana, no sábado fomos até à Lisboa Air Race ver os aviões e tirei várias fotos que hei-de partilhar por aqui assim que conseguir. Também fotografei o look desse dia, já com uma novidade comprada nos saldos! É verdade, fui finalmente aos saldos e comprei umas coisinhas giras. No Domingo foi dia de praia, tão bom. Mais um dia a esturricar ao sol, mas sempre com protector 50+ e muitas idas à água. Um fim-de-semana que passou a correr, mais uma vez, mas foi muito bem aproveitado.


sábado, 2 de julho de 2016

Vim aqui só para dizer

Que já fui até aos saldos e sim senhora, acho que até fiz boas comprinhas. Depois mostro!

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Desejos de sexta-feira

aqui

Bora lá até aos saldos #2

E porque os saldos também se fazem online (e às vezes muito melhor) hoje vamos até à SheIn, da qual tenho várias peças que adoro a preços tão pequeninos que até parece mentira. Agora estão com promoções ainda melhores que chegam aos 80%. Vamos espreitar?


O adeus aos pêlos

Já foi há praticamente dois meses que fiz a última sessão de fotodepilação. No total fiz seis, se não me engano, mas fui fazendo por partes nas pernas, axilas e virilhas. Sei que há aquela ideia generalizada de que a fotodepilação não funciona, apenas o laser, mas posso dizer-vos que pela minha experiência correu muito bem. Não podia estar mais satisfeita. Pêlos nem vê-los. E os que tenho são tão fininhos e clarinhos que nem incomodam. Como vos tinha dito no início, fiz num cabeleireiro onde costumo ir, mas acredito que a fotodepilação seja igual em todo o lado. Quanto à dor podem ter a certeza que dói que se farta, é mesmo a pior parte. Mas depois passa claro, como quase tudo. É um descanso tão grande não ter de me preocupar com depilações, tanto que este ano ainda mal peguei na máquina depiladora e só fiz com cera a parte superior das pernas, pois os pêlos são muito fininhos e loiros, então não fiz fotodepilação nessa parte. Agora terei de voltar apenas uma ou duas vezes por ano, conforme sinta necessidade e de resto é apreciar esta despreocupação espectacular. Que coisa tão boa!