sexta-feira, 11 de março de 2016

To remember: to pass back through the heart #1

Há dias que nos ficam guardados na memória e no coração. Dias que sabemos que não vamos esquecer assim tão facilmente, mesmo que quiséssemos. Recordamo-nos da viagem, da chegada e dos passeios que demos por aquela cidade, completamente sozinhos. A sentir uma paz como nunca antes tínhamos sentido. A recordar cada passo, cada olhar, toda a paisagem. Os sons de uma cidade vazia, sem os barulhos tão característicos das pessoas, uma cidade sem ninguém. Só nós e as pessoas que estão no nosso pensamento. Sempre gostei de andar sozinha, a apreciar a minha própria companhia, o silêncio de poder andar e não falar com ninguém. Não sou uma pessoa solitária, mas sei estar sozinha. Por isso, neste dia andei pela Covilhã, só eu e a minha máquina fotográfica, a passear, a explorar e a fotografar.

(No segundo dia deste fim-de-semana fui até à neve, mas isso mostro-vos num próximo post.)



















1 comentário:

  1. E ás vezes, estar sozinha sabe tão bem! Saber estar sozinha, como dizes!

    Gosto muito das fotos :)

    http://agravidezdele.blogspot.pt/

    ResponderEliminar