quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

São só palavras #8

De manhã, quando acordamos existem uns segundos em que não nos lembramos bem onde estamos, que dia é nem que horas são. Não sabemos bem o que aconteceu ontem nem o que vamos fazer hoje; se o que recordamos vagamente foi real ou fez parte de um sonho. Esse pequeno momento, tão rápido, é a parte mais confusa e maravilhosa do meu dia.

Escrito a 21 de fevereiro de 2014.

1 comentário: