terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

São só palavras #7

Este mundo não é para mim. 
Tal como um pássaro que nasceu sem asas e não percebe porque raio foi parar a um mundo em que todos os outros pássaros voam sem limites.

Eu sou um pássaro sem asas que vive num mundo cheio de pássaros a voar.

Escrito a 9 de Agosto de 2014.

4 comentários:

  1. Não não és! És o pássaro que mesmo sem asas consegue voar e o que não voa só por voar, nem se limita a seguir o bando.

    ResponderEliminar
  2. Se as asas não são suficientes, podes saltitar por esse mundo fora! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar