quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Eu tenho um problema

Estão a ver aquelas pessoas que parecem ter engolido um website inteiro de letras de músicas? Pessoas que sabem as letras de todas (todas!!) as canções, mal começa a dar uma na rádio e pronto, lá está ela a cantar, tudo e mais alguma coisa. E nós achamos: deve estar a inventar a letra toda, não é possível alguém ter tamanha percentagem do cérebro cheia de canções (algumas demasiado más para ser verdade). Pois, mas estas pessoas existem e eu sou uma delas. Prazer. Eu sou a Marisa e sei quase todas as músicas de cor. Sim, eu sou aquela pessoa que canta as músicas quase todas que dão na rádio, em qualquer rádio. Músicas com 50 anos, músicas que foram lançadas ontem. Tudo. E sabem qual é o problema? É que eu ia escrever agora que estava a exagerar um bocadinho, mas não estou. Eu oiço uma música uma vez e na próxima que ela passa na rádio já sei o refrão todo de cor e mais algumas partes. Eu decoro músicas que odeio. E posso estar anos e anos sem ouvir uma música que quando a vou ouvir de novo ainda sei várias partes. Sim, já sei que tenho um problema e ouvi dizer (se calhar numa música...) que o primeiro passo é admitir. Este já está. O que vem a seguir? É que eu gostava mesmo de ocupar a minha memória com coisas mais importantes, tipo... a matéria dos exames. Mas pronto, cada um é para o que nasce. Eu sou uma decoradora voraz de letras de músicas, nada a fazer. Talvez um dia ainda me sirva para alguma coisa.

3 comentários:

  1. Yup :/ sou como tu! Decoro letras de musicas, frases de filmes e coisas que não interessam a ninguem. Mas depois não sei a data de nascimento dos meus avós! Nasci para ser o Ted Mosby deste mundo lol beijinho
    http://the-not-so-girlygirl.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Então deve ser um defeito de fabrico de Marisas, porque eu sou exatamente igual! Aliás, toda a gente fica assim meio aparvalhada (e cansada de me ouvir) quando eu começo com isso. Sei músicas completas do Tony Carreira, que nem gosto! A vida é muito dificil para pessoas como nós porque basta uma música, uma vez, e já está.

    Houve um ano em que, na época de exames do segundo semestre, fiquei com o raio de uma música que só tinha ouvido uma vez presa na minha cabeça durante 3 dias! Queria estudar e só aquilo entoava na minha cabeça. E o pior? A música era "Eu vou-lhe usar, eu vou.lhe usar eu vou-lhe usar, prepare esse corpinho que essa noite eu vou-lhe usar" (uma musica que fizeram a propósito daquela personagem da novela Gabriela. Era horrível!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar é mudar de nome que isto resolve-se :P Fogo... mas como te percebo. Há músicas que detesto mesmo e fico com elas na cabeça, tenho de ouvir outra música para me esquecer dessa!

      E sim, as pessoas ficam a olhar tipo "como é que sabes isto tudo de cor?" e eu normalmente digo que não faço ideia, nem sei que raio de música é aquela...

      Eliminar