quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

República Dominicana #3

Hoje vou contar-vos a segunda excursão que fizemos durante as férias na República Dominicana. A primeira que já contei aqui foi à Ilha Saona, a segunda foi para nadar com golfinhos, uma excursão que incluía ainda uma visita ao Zoo e Snorkeling. Para começar quero contar-vos que, ao longo dos dias, fomos percebendo que para os Dominicanos não há horas certas. Nós perguntávamos: quanto tempo vai demorar a viagem? Se eles diziam 1h já sabíamos que eram na verdade 3. Não parecem ter muita noção do tempo, levam a vida assim, sem horas nem marcações. É uma forma bonita de ver a vida, mas pouco realista para o nosso dia-a-dia. De resto eram todos muito simpáticos, prestáveis e pareciam sempre tão felizes e de bem com a vida.

Mas adiante, quanto à excursão em si decidimos fazê-la no antepenúltimo dia, se não estou em erro. Fomos de autocarro até ao Zoo, os autocarros naquele país são todos extremamente assustadores e parecem muito pouco seguros, mas vou tentar não me recordar disso. O Zoo era giro, mas nada do outro mundo, quando chegámos pudemos ter papagaios na mão para tirar fotos e um macaquinho também. Fomos dar uma volta rápida pelo Zoo e depois vimos um espectáculo com golfinhos e leões marinhos que, para quem já foi ao Zoomarine deixa muito a desejar, mas não deixou de ser giro. Pudemos ainda tirar uma foto com uma otária ou algo do género (peço desculpa, mas não sei distinguir, vejam a foto e ajudem-me com estas definições).

Depois fomos até ao sítio onde íamos apanhar um barco para ir nadar com os golfinhos no meio do oceano. Fomos de lancha e chegámos num instantinho. O maior problema foi que estava um tempo horrível, tudo cinzento e só a chuviscar, mas mesmo assim não estava frio. Chegámos a uma plataforma no meio do nada, só água à volta sem fim à vista e ali estavam golfinhos, leões marinhos e vários outros peixes como raias e tubarões pequenos. Dividiram as pessoas em grupos e fomos para dentro de água, que estava tão quentinha, para estar com os golfinhos. Na verdade não podemos simplesmente estar ali a nadar com eles, há certas regras a cumprir e temos de obedecer ao que os instrutores dizem. Isto não era uma experiência que eu quisesse muito ter, não estava nos meus planos de sonho, longe disso, mas posso dizer que foi tão giro que não me importava nada de repetir.

Ainda tivemos direito a fazer snorkeling, uma espécie de mergulho mas à superfície, e isto foi o que menos gostei. Tive dificuldade em conseguir respirar debaixo de água e os tubarões estavam a deixar-me com os nervos à flor da pele. Acabei por sair e aproveitar para tirar fotos à minha prima que estava na maior. Foi uma experiência óptima mesmo, havia um fotógrafo que foi tirando fotos e é por isso que tenho algumas mesmo com os golfinhos. Vamos então às fotos deste dia.
























5 comentários:

  1. Não sou muito de praia, e o João apesar de gostar quando viaja também não é praia que procura em primeiro lugar.. Assim sendo a República Dominicana não está nos nossos planos. Pelo menos para já... Talvez quando tivermos filhos, ou seja quando tivermos tão cansados, que só nos apeteça ganhar um corzinha e namorar muito :)

    ResponderEliminar
  2. Ja tive oportunidade de visitar a Rep Dominicana e fiquei maravilhado!! É um país fantástico!

    O Pai,
    http://www.soupai.pt

    ResponderEliminar
  3. Mas que sorte! Fotos super lindas e de fazer inveja :)
    Nomeei-te para uma tag, lá no blog :)

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
  4. Aiiii gostava tanto de nadar com golfinhos...que sorte :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar