sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Os objectos omnipresentes

Há certos objectos na minha vida que aparecem um pouco por todo o lado. É na mala, no carro, nos bolsos dos casacos e das calças, em cima da secretária, em casa, no trabalho, em necessaires, na casa de banho... Como dizia, um pouco por todo o lado. Esses objectos normalmente não fogem muito disto: ganchos, elásticos, batons, tampões, brincos, molas do cabelo, pens, canetas, pastilhas. É todo um mundo por descobrir. Há coisas que encontro que nem me lembrava que tinha e normalmente só não encontro uma destas coisas quando preciso dela. De resto é vê-las por todo o lado, como se se reproduzissem quando ninguém está a ver. E dinheiro hã? Oiço histórias de pessoas que encontram dinheiro perdido nas malas e carteiras. Nunca me aconteceu.

5 comentários:

  1. Bem-vinda ao meu mundo também! E temos milhares dessas coisas mas nunca quando precisamos!
    Dinheiro também nunca me aconteceu mas conheço a quem aconteça :)
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Não me costuma acontecer.... normalmente sei onde tenho as coisas.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sorte! Eu no geral sei onde coloco as coisas, porque tenho a mania de arrumar sempre tudo no sítio, mas este tipo de objectos fogem-me ao controlo :)

      Eliminar
  3. Por acaso com dinheiro já me aconteceu algumas vezes. Esqueço-me em bolsos de casacos ou em malas, não uso durante uns tempos e depois quando vou a usar tenho uma boa surpresa em re-descobrir o meu dinheiro :P E nem por acaso, ainda a semana passa descobri uma nota de 5€ numa mala que já não usava desde o Verão.

    Pronta em 5

    ResponderEliminar
  4. Eu já encontrei dinheiro que guardo tão bem guardado que acabo por me esquecer... Infelizmente, nos últimos tempos não tem acontecido!

    ResponderEliminar