quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Isto de ter um blogue

Eu decidi ter um blogue porque sentia necessidade de ter um espaço onde pudesse escrever sobre algo que me apetecesse ou mesmo partilhar coisas giras. Um espaço meu para colocar tudo o que quisesse. Quando o criei pensei que me fosse fartar passado pouco tempo, mas isso (ainda) não aconteceu. Gosto de vir cá, escrever, partilhar, mostrar looks, construir coisas giras para mim e para alguém que queira ver. Mas não sinto isto como uma obrigação e não é, de todo, uma dor de cabeça. Acho que as pessoas criam blogues só porque sim, sem definirem sequer o que vão fazer por lá, criam e pronto, é esperar para ver. Isso não é necessariamente mau, a questão é que as pessoas hoje em dia só querem ter o que os outros têm, sem pensar se é isso que faz sentido para elas. Eu tenho um blogue porque adoro escrever, porque gosto de conjugar umas peças e tirar fotos para inspirar, ou não, alguém. Gosto de ler as vossas opiniões, de saber que há alguém desse lado, de sentir que sirvo para alguma coisa. Eu sou extremamente anti-social e calada, por isso ter um blogue dá-me alguma liberdade e confiança para ser um bocadinho mais aberta e menos nervosa sobre o mundo em geral e as pessoas em particular. Este blogue é meu e reflecte exactamente aquilo que eu sou, não imito ninguém, não me inspiro aqui e ali para fazer igual, não quero nem vou fazer isso, nunca. Mas ter um blogue dá trabalho, requer paciência, pede inspiração e tira-nos tempo. Faz parte. As pessoas que criam blogues só porque sim é que não sabem disso e pensam que isto é tudo muito giro, super fácil e que nos sai naturalmente da ponta dos dedos. Não é bem assim. Eu trato de tudo neste blogue, vêm-me assuntos à mente e tento não me esquecer deles até ter um tempinho para escrever, penso em peças que quero mostrar-vos e pedincho a alguém para me tirar fotos, depois é escolher as fotos e tudo e tudo. Só quem tem todo este trabalho sabe que não é só criar um nome e está a andar. É por isso que às vezes me custa ouvir certos comentários. E atenção que eu não contei a ninguém que tenho um blogue, não faço questão que saibam sequer. Porque se umas desvalorizam totalmente aquilo que eu faço, pensando que podem simplesmente tirar 5 minutos do seu dia para fazer igual; outras dão demasiada importância e pensam que isto é tão giro, tão fixe, que maravilha. Não é. Já recebi comentários desagradáveis de pessoas que provavelmente não me conhecem de lado nenhum e que não sabem que a minha auto-estima não é propriamente a melhor coisa do mundo. Pessoas que não sabem o tempo que demorei a gostar de mim e que dizer coisas más não vai trazer nada de bom para ninguém. Comentem à vontade, dêem a vossa opinião mais sincera, mesmo que seja negativa, mas não sejam desagradáveis de propósito e só porque sim. Sim, tenham blogues e divirtam-se com eles, mas não tenham só porque outra pessoa também tem e não imitem, não tentem ser iguais a alguém que não vocês.

4 comentários:

  1. Nem mais !!!
    Lamento que já haja sempre por todo lado más pessoas que tentem humilhar e denegrir os outros para se sentirem eles maiores. Bem tentam mas continuam tão pequeninos e sozinhos!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. "Mas ter um blogue dá trabalho, requer paciência, pede inspiração e tira-nos tempo."

    bem verdade. quem tem um blog e tenta mante-lo actualizado perder muito tempo e a maior parte das pessoas -- especialmente as que fazem os comentários mais mauzinhos -- nao tem noção de quanta tempo e dedicação está envolvida no blog. beijinhos e gosto muito de vir aqui :)

    ResponderEliminar
  3. É mesmo isso!! É o mesmo que ter um blogue para receber coisas. Acabam por perder o melhor de ter um blogue: A partilha de opiniões, sugestões, ideias... Não sabem o que perdem...

    ResponderEliminar