quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

O meu Natal

Eu tenho uma família enorme, entre tios e primos direitos, primos em 2º, 3º e 4º grau (a sério) e tios-avós. A maior parte da minha família, tanto materna como paterna, vive na mesma cidade alentejana e, durante muitos anos, o meu Natal foi passado por lá. Entre a casa dos avós maternos e a dos paternos, juntava-se a família toda, um monte de gente e vários dias divertidos. Lembro-me de adorar esta quadra por isso mesmo, por estar com a família que não via todos os dias, estar com os meus avós e aquela enorme confusão de gente agradava-me mesmo muito. Mas entretanto os meus avós morreram e deixámos de querer passar lá o Natal. Agora passamos sempre estes dias aqui por casa, sempre com mais alguém da família que se junta, e para mim já não faz sentido ser de outra maneira.

A minha fofinha.

Sem comentários:

Enviar um comentário