terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Brrr

Eu tenho uma relação estranha com o frio, uma espécie de amor-ódio. Gosto dele, mas odeio-o. Detesto sentir frio, mas há sempre opções quentinhas para que se possa apreciar este tempo sem andar a tremer pela cidade, nem que seja com 20 camadas de roupa. Este fim-de-semana no Alentejo, houve uma altura em que senti as mãos tão frias que pensei que fossem cair, no entanto foi reconfortante como se não houvesse nada a fazer. Está frio porque é tempo de estar frio. E eu até gosto de usar luvas, gorros, casacos compridos e botas. É uma pena que fique de noite logo às 5 da tarde, mas é tão bom chegar a casa, vestir o pijama e ficar enrolada em mantas até ao pescoço, como se estivesse tanto frio como no Ártico ou coisa que o valha.





Adoro a Oysho.

2 comentários:

  1. Eu,em termos de frio,detesto,sou bastante arreganhada e detesto o inverno,mil vezes,mil vezes,mil vezes prefiro o verão!!

    ResponderEliminar